sábado, 15 de dezembro de 2007


Vivendo
Hoje, 15/12/2007, Oscar Niemayer faz 100 anos. No dia 15/12/2008 como o mundo era diferente desse nosso! Mas muitos instrumentos que fazem parte de nossa vida agora já existiam como sementes, idéias, teorias, na cabeça de muitos pesquisadores dedicados. Até o computador, que uma pessoa comum na época que Niemayer nasceu nem sonhava, já era imaginado por idealistas. E nosso arquiteto, ainda garoto, olhava para os prédios e casas de formas quadradas e via estádios, edifícios e mansões redondos, ovais e elíticos, que desenhou depois.
Não sou um desses escolhidos, talvez nem você, mas uma coisa temos de colocar bem viva em nossa mente: chegar ao 100 anos de idade ativos, sensíveis, com a mente vivaz e criativos.
Então, tenho de falar num conceito espiritualista quem se antepõe ao católico/evangélico - não o cristão. Em nossa cultura, na parte religiosa, aprendemos que nessa vida trabalhamos e sofremos para em outra vida descansarmos e vivermos em preguiça eterna. Não foi o que o mestre Jesus ensinou (João 5:17): “Meu Pai trabalha até agora e eu trabalho também”. Do que se deduz que nem nesta vida nem na outra vamos “viver na flauta” e que a atividade será eterna, enquanto existirmos como ego.
Daí, volto a falar da bicicleta. Agora mesmo fui visitar um vizinho que perdeu as duas pernas por diabete. Não sei o que ele fez ou não fez para ficar assim, mas com certeza um exercício, um esporte vigoroso nos protege muito. No meu caso, uma pedalada de mais de 70 km por semana foi um santo remédio: mantém minha pressão normal, diminuiu meu ácido úrico e baixou a glicose no sangue. Este organismo maravilhoso, este sistema espetacular, este templo vivo precisa ser muito usado para se manter saudável e viver muito.
Portanto, que nossa meta seja viver tanto quanto nosso irmão Oscar Niemayer, 100 anos! Isso, se não tivermos acordado outra coisa. Lembro o que o Senhor Jesus falou sobre João Evangelista (João 21:22,23): “‘Se eu quiser que ele continue a viver até que eu volte, o que é que você tem com isso?’... Então se espalhou entre os seguidores de Jesus a notícia de que aquele discípulo não ia morrer”. Já imaginou?

Um comentário:

marcia disse...

Incrível!!
100 anos é coisa rara...
E vc??
Quero ver com 110 anos.
beijo,
Te amo.

Marcia Morelli